"Evanescence termina de gravar o vídeo "Call me when you´re sober"

Mtv.com - 29/07/2006

Amy Lee não em medo do lobo mau. Nem de uma sala cheia deles. Na verdade, no clip de "Call me when you´re sober", Amy fica um pouco poderosa com um lobo.

"Esses lobos reais vieram, e cada um deles tinha um treinador e foi muito divertido", disse ela no set de Hollywood no começo do mês. Marc Webb (AFI, My Chemical Romance), assinou a direção do clip. "Eu achei que seria divertido, mas quando eles vieram, eles tinham uns 60 kilos. Então eu fiquei assim 'wow, se eu estivesse de quatro, eu teria quase o mesmo tamanho desse animal enorme'. Mas era eu e os lobos na sala, e foi bem legal. Foi o máximo. Minhas alergias apareceram, mas eu passei bem. E daí nós filmamos a cena com o Grande Lobo Mau vindo por cima dos meus ombros e tentando me seduzir".

O vídeo, que estréia dia 7 de agosto na MTV (EUA), terá a Amy usando um capa vermelha de cetim, sentada num local antigo. Um jovem homem - com cristalinos olhos azuis e cabelos meio compridos e bagunçados - aproxima-se dela por trás, acariciando seus ombros e beijando suavemente seu pescoço enquanto ela tenta recuar.

"A música é tão literal, a letra e tudo mais - digo, obviamente, só pelo título - que sentimos como que o vídeo teria a liberdade para ir numa direção menos literal", explica ela. "Então é [uma reinvenção moderna] a Chapéuzinho Vermelho e o Lobo Mau mais legal, superheroína e roqueira.

No clip, o capuz inimitável extrai o melhor do lobo, seguindo por uma cena em que ela destrói uma mesa, manda as cadeiras e comida para o outro lado da sala. E daí ela manda o lobo passear - sem trocadilhos. Oh, e também há uma cena que a Amy - erguida por 4 dançarinos asiáticos, com roupas pretas de couro - levita.

O single de estréia do cd "Call Me When You're Sober", não terá a participação do Will.

O assunto da música, diz Amy, envolve "algo que todos nós ja vivenciamos" - a frustração de "lidar com alguém com algum vício, o que é muito difícil, especialmente quando se trata de alguém que você ama". A Amy não escreve as canções de forma literal, apesar disso.

"É bem novo para nós, e divertido, na verdade", diz. "Este álbum, eu meio que me puxei até o limite e fiz todas as coisas que eu talvez não fosse corajosa o bastante para fazer ou apenas porque eu estou mais velha e madura agora e - não sei - uma melhor compositora. Eu trabalhei muito mais e eu acho que as músicas estão melhores e eu estou muito animada. Eu gostaria que o álbum saísse na semana que vem"

"Eu sinto como se eu tivesse a habilidade de fazer muitas coisas que eu não conseguiria fazer anes, por inúmeras razões", continua. "Como música, eu sinto que posso fazer tudo. Este álbum é completamente como eu queria que fosse em todos os níveis, e é mais parecido comigo e com minhas composições. Eu sinto como se várias portas tivessem se aberto pra mim - mas recentemente, eu aprendi a me libertar, 'ok, chega', cortar alguns laços e seguir em frente - aprender a dizer não e olhar para a felicidade".

Amy, que pretendo fazer uma turnê com a banda na época do lançamento do CD, disse que a última faixa é diferente de tudo que a banda já fez.

"É chamada 'Good enough', e é completamente, completamente, completamente diferente pra mim porque é tem um final feliz. É a última canção composta pro cd, e é a mais corajosa, eu acho, pra mim porque eu tive que contar a verdade e a verdade é, eu sinto, melhor agora. O resto do cd é bem agressivo e pesado e tudo mais, mas a última é como 'eu fui para um bom lugar que eu estava pretendendo ir e eu escrevi como me eu senti bem'. Ficou ótima, mas diferente do que já fizemos. Eu apenas tenho que escrever com o coração e ser honesta, porque eu acho que é o que as pessoas amam sobre a nossa música e se algo muda, muda".

- por Chris Harris e Corey Moss

 
Matéria original: Mtv.com
Traduzido por: Michele. (foi mto foda traduzir tudo isso ai, portanto se quiser utilizar em seu website, peça!!)
Todos os direitos reservados. Caso queira ultilizar esse texto, mande um email pedindo permissão! Respeite o trabalho alheio.




icone do Facebook icone do Twitter